Ticker

6/recent/ticker-posts

A preocupante Censura no Brasil, o confisco de dinheiro e o “crime” cometido

 


Em um discurso forte na manhã deste sábado (28), o presidente Jair Bolsonaro fez um prognóstico sobre si e falou de três alternativas para seu futuro: “Estar preso, ser morto ou a vitória”. Apesar de citar a prisão, Bolsonaro fez questão de destacar que “não existe” a chance dele ser preso.

O presidente participou durante a manhã do 1° Encontro Fraternal de Líderes Evangélicos, em Goiânia (GO). Além da previsão sobre o futuro político, ele ainda fez alusão aos movimentos previstos para o feriado de 7 de setembro e disse que o Brasil tem um “presidente que não deseja nem provoca ruptura”.


– Sei que a grande maioria de líderes evangélicos vai participar desse movimento de 7 de setembro e assim tem que fazê-lo, está garantido em nossa Constituição. Espero que não queiram tomar medidas para conter esse movimento – afirmou.


Bolsonaro disse ainda que, no Dia da Independência, estará pela manhã na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e à tarde, na Avenida Paulista, em São Paulo. Ao concluir a fala, o presidente voltou a dizer que “somente Deus” o tira da cadeira de presidente da República.


– Digo uma coisa a eles. Deus me colocou aqui e somente Deus me tira daqui. Terminando preso, jamais. Vivo, dependo de Deus. Com a vitória, ao lado de vocês – finalizou.