Ticker

6/recent/ticker-posts

Pedro Bial rompe contrato após repercussão negativa de anúncio

 


O jornalista e apresentador Pedro Bial decidiu romper contrato com uma plataforma de cursos online após a empresa divulgar uma propaganda pra lá de controversa.


Nos últimos dias, passou a circular uma publicação patrocinada do Curseria em que Bial “convida” internautas a se inscreverem em um curso para a aperfeiçoar a escrita. O slogan é direto: “Torne-se seu escritor favorito”. No entanto, o que chamou ainda mais a atenção foi o texto escrito em primeira pessoa e atribuído ao apresentador, que demonstra o suposto excesso de autoestima do veterano.

 Depois de estudar diversas técnicas de escrita e colocá-las em prática por anos, posso dizer que, hoje, eu me tornei o meu autor preferido – dizia a publicação, que logo recebeu uma enxurrada de críticas.


O problema é que não foi Bial quem escreveu o texto. Apesar de realmente ter assinado um contrato publicitário, o global e sua equipe sequer tinham conhecimento do conteúdo que foi publicado em seu perfil, sem passar pelo crivo do jornalista.


Ao notar a repercussão negativa, a plataforma de estudos veio a público para esclarecer o mal-entendido.


– Informamos que, por uma falha de revisão e aprovação interna, o texto do anúncio do curso O Ato de Escrever, postado nas redes sociais de Pedro Bial no dia 8 de novembro, não foi escrito e nem previamente aprovado pelo jornalista. A peça, criada e postada por nós, não representa a forma como Pedro Bial vê a própria escrita ou a de outros autores e já foi suspensa e excluída da campanha – disse o curso.


Apesar da nota de esclarecimento, Pedro Bial ficou insatisfeito com a situação e decidiu romper a parceira com a plataforma de estudos.