Aras pede o arquivamento de inquérito contra Bolsonaro no caso do TSE

 


O Procurador Geral da República, Augusto Aras, pediu nesta quinta-feira (17) o arquivamento da investigação aberta contra Jair Bolsonaro no STF pelo vazamento de dados do inquérito sigilo da Polícia Federal sobre o ataque hacker contra o TSE.


O parecer de Aras é elucidativo.



 

O inquérito da Polícia Federal sobre o ataque hacker, ainda que fosse tratado com sigilo pelos delegados da instituição, não era protegido por uma decisão judicial que decretasse expressamente o sigilo do procedimento.


Para Aras, sem uma decisão judicial que decretasse o sigilo dos documentos, não é possível acusar Bolsonaro ou o deputado Filipe Barros de terem vazado dados de forma criminosa.


Perfeito!