Ticker

6/recent/ticker-posts

A nova tentativa do senador DPVAT de atacar o presidente Bolsonaro, usando o judiciário (veja o vídeo)

 


O senador Randolfe Rodrigues mantém sua perseguição insana e antipatriótica ao presidente Bolsonaro.


Recentemente, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou ao procurador-geral da República, Augusto Aras, o pedido do senador para que sejam apuradas as circunstâncias da viagem da comitiva presidencial à Rússia e seus reflexos sobre a integridade das eleições deste ano.


O "alvo" de Randolfe é Carlos Bolsonaro. 


O pedido chega a citar que a presença do vereador e filho do presidente é “bastante estranha em solo russo”.



 

A PGR foi clara e, em sua manifestação, demonstrou que não havia plausibilidade jurídica na pretensão do parlamentar acreano.


O fato é que Bolsonaro se mantém ilibado na sua conduta pessoal e política, o que desperta a ira de seus inimigos.


A nova sabotagem é mais uma mediocridade completamente sem sentido.


De qualquer forma, o ministro Alexandre de Moraes ignorou a manifestação da PGR e deu cinco dias de prazo para o Planalto se explicar.


Dá para acreditar?


Confira: