Ticker

6/recent/ticker-posts

Anitta surta, ataca ministro e diz que vai descumprir decisão judicial. O TSE vai ficar quieto? (veja o vídeo)

 

Bolsonaro fez uma jogada de mestre quando pediu que o TSE se manifestasse sobre os ataques que ele estava sofrendo de artistas milionários no Festival de Música Lolapalooza.

Se o TSE permitisse as manifestações, teria que permitir também as manifestações de artistas apoiadores de Bolsonaro, cujo público é muito maior do que os que pagaram até 3200 reais para entrar no Lolapalooza.

Mas para a surpresa de muitos, o TSE proibiu os ataques contra Bolsonaro, talvez numa tentativa de melhorar o índice de confiança da população num processo eleitoral justo.


Isso fez com que a funkeira Anitta surtasse e assumisse que vai não só desrespeitar a decisão judicial como também pagar a multa de 50 mil reais estipulada a quem quiser desrespeitar também.

Além disso a cantora ainda debochou do valor da multa, dizendo que é o preço de "uma bolsa" pra ela, e mandou o ministro que tomou a decisão "ir cagar."

Agora Moraes precisa dar a Anitta o mesmo tratamento que deu a apoiadores do Presidente que por muito menos tiveram seus salários confiscados, suas redes bloqueadas e chegaram até a ser presos.

Do contrário, o TSE não estará levando a sério o sistema eleitoral ou a democracia. Se uma cantora pode desrespeitar uma decisão judicial, incentivar os outros a fazerem o mesmo e atacar um ministro. Por que então tantos apoiadores do Presidente foram perseguidos?