Ticker

6/recent/ticker-posts

Doria critica ideia de intervir na Petrobras: “Medida populista”

 


Nesta sexta-feira (11), o governador de São Paulo, João Doria, comentou sobre o reajuste dos preços dos combustíveis e chamou “medidas populistas” qualquer tentativa de mudar a política de preços da Petrobras. De acordo com o pré-candidato do PSDB à Presidência, a medida ainda iria comprometer “os resultados de uma empresa que tem o Brasil como seu principal acionista”.

O reajuste dos combustíveis da Petrobras foi anunciado nesta quinta-feira (10), após pós 152 dias sem aumento, de acordo com a empresa. No total, a gasolina teve alta de 18,7%; o diesel de 24,9%; e o gás de cozinha de 16%. Segundo a Petrobras, o movimento “vai no mesmo sentido de outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda”.

Uma possível mudança na política de preços da empresa já foi cogitado pelo presidente Jair Bolsonaro e também é defendida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os dois principais candidatos à Presidência nas eleições deste ano.

Para Doria, no entanto, mudar a política “vai na direção contrária de buscar o objetivo de curto prazo de forma sustentável (proteção dos mais pobres) e compromete a busca de uma solução estrutural ambientalmente correta”.