Ticker

6/recent/ticker-posts

Em mais um gesto de humildade e carinho, Bolsonaro e Michelle abraçam refugiados de guerra em GO (veja o vídeo)

 


Acompanhado da primeira dama Michelle Bolsonaro e do ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto França, Jair Bolsonaro visitou um acampamento de refugiados do Afeganistão, na cidade de Luziânia/GO, a cerca de 50 km de Brasília.

Vestidas a caráter, a maioria dos presentes eram mulheres e crianças, vítimas de perseguição e até de execuções em praça pública, após o início do conflito que tomou conta do país asiático, com a saída das tropas americanas, há 20 anos na região.

O presidente e sua comitiva foram recebidos pelo pastor Ibi Batista, da Igreja Núcleo da Fé, responsável pela acolhida dos refugiados. Ele fez uma oração e agradeceu de forma inusitada:

“Nós estamos num momento único no nosso país. Você tirou uma hora de viagem de lá para cá de carro e mais uma hora para voltar, para ficar com pessoas que não vão votar no senhor, não porquê não querem, mas porque não têm título. Olha, só Deus para recompensar, presidente”.

Bolsonaro disse saber das dificuldades de deixar a terra natal, rumo a um outro país, e reforçou que o Brasil continuará os acolhendo.

Ao final, sem qualquer cerimônia, ele e a primeira dama bateram fotos, abraçaram os refugiados e pegaram crianças no colo, em novo gesto de humildade e carinho, algo que já se tornou uma marca do casal.

Tudo sem a presença da imprensa, sem explorar as imagens e as pessoas, mesmo em ano eleitoral.


O vídeo foi produzido pelo assessor especial do presidente, Max Guilherme.


Confira: