Ticker

6/recent/ticker-posts

Luciano Huck tenta lacrar sobre guerra na Ucrânia e é desmascarado nas redes sociais (veja o vídeo)

 


A internauta conservadora Elisa Brom, com cerca de 50 mil seguidores no Twitter, publicou um vídeo em que o apresentador da Globo, Luciano Huck, comenta a guerra no Leste Europeu em seu programa dominical, explorando, de forma emocional, o fato de ser descendente de ucranianos.

Huck mostra a foto de seus ancestrais e diz:

“Meu avô nasceu no sudeste da Ucrânia… Eu to falando isso, eu vivo no Brasil, minha família está aqui, porque o meu avô foi obrigado a deixar a ucrania pra fugir da guerra. A minha geração nunca tinha passado por isso. A gente vinha discutindo como é que os países podiam juntos, trabalhar para salvar o mundo, para deixar o mundo mais justo, mais sustentável e aí vem esse retrocesso gigantesco, o pior retrocesso desde a Segunda Guerra mundial. Porque vimos muitas guerras nessas últimas décadas, mas nenhuma delas envolvendo os dois maiores arsenais atômicos do planeta, a Rússia e os EUA em lados opostos”, disse o apresentador.

 
Durante o vídeo, a tela manteve um post de Luciano Huck, de 2021, na época em que Joe Biden assumia a Casa Branca, após derrotar Donald Trump nas eleições:

“Que Joe Biden ajude a pôr o mundo de volta na trilha da esperança, sustentabilidade, crescimento e combate às desigualdades. Trump foi capítulo nebuloso da democracia dos EUA: truculento, negacionista, construtor de muros e não de pontes”, comentou Huck.
A comparação da internauta entre as duas falas do apresentador foi precisa:

O Oportunista…
Jornalistas,Artistas e Pseudo-Intelectuais que apoiaram um líder fraco como Biden por sentir nojo do Trump, estão agora fazendo Malabarismo
Trump não se envolveu em Guerra, aliás, promoveu a Diplomacia, Ordem e Paz no Mundo
- Israel e países Árabes
- Coreia do Norte.


Do ataque a Trump ao silêncio sobre a fraqueza de Biden, o fraco presidente americano que nada fez para impedir a guerra.

Até para Luciano Huck, o mundo dá voltas!

Veja o vídeo: