Ticker

6/recent/ticker-posts

Modelo que chamou Putin de ‘psicopata’ é encontrada morta

 


Uma jovem modelo russa conhecida por suas críticas ao presidente Vladimir Putin foi encontrada morta dentro de uma mala, nesta semana, em Lipetsk, na Rússia. Apesar dos rumores, Gretta Vedler, de 23 anos, foi morta pelo próprio namorado, Dmitry Korovin, da mesma idade.

O crime ocorreu há um ano, mas o rapaz só confessou a morte da ex-companheira agora, quando o corpo dela foi encontrado.

À polícia local, Dmitry admitiu que estrangulou Gretta durante uma discussão por causa de dinheiro. Após o crime, ele dormiu por três dias em um hotel em Moscou com o cadáver da mulher. Ele então colocou o corpo dela em uma mala e dirigiu até Lipetsk. Lá, o homem deixou a mala no porta-malas do carro até ser descoberto, após um ano.