Temer se intromete, dá sugestão a Bolsonaro e recebe resposta imediata


O ex-presidente da República, Michel Temer (MDB), sugeriu nesta sexta-feira (22) que o presidente Jair Bolsonaro (PL) revogue o decreto concedendo perdão ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ).

Em nota enviada à imprensa, Temer afirmou que “como a decisão do STF sobre o processo contra o deputado Daniel Silveira ainda não transitou em julgado, o ideal, para evitar uma crise institucional entre os poderes, é que o Presidente da República revogue por ora o decreto e aguarde a conclusão do julgamento”.

O presidente Bolsonaro, em uma publicação no Twitter, deu resposta imediata a Temer.

Mandou um sonoro “NÃO”.

Confira:



Tags