Ticker

6/recent/ticker-posts

A inversão de valores da velha mídia que transforma o assassino em mero suspeito e condena o policial


Tem sido cada vez mais comum no Brasil a morte de Policiais por não repelirem de imediato e com rigor uma investida criminosa.


E você sabe por quê?

Porque no Brasil o policial que faz o uso da força ou da arma de fogo seguidamente é castigado pela sociedade, pela imprensa, pela própria instituição ou pela justiça. Acaba expulso da Polícia, quando não preso. 

Em qualquer país sério, uma simples investida criminosa contra o policial, mesmo com o indivíduo desarmado, já dá respaldo para o policial utilizar a arma de fogo em sua defesa.

No Brasil não. Essa insegurança jurídica e inversão de valores trabalhada há décadas pela bandidolatria, faz o número de policiais assassinados ser gigantesco. Algo inadmissível.

Esta semana, dois policiais foram mortos por um bandido.

Um terceiro policial acabou matando o criminoso.

Pois bem, o bandido foi tratado por uma certa velha mídia como "suspeito". Já o policial como "assassino".

Confira: