Ticker

6/recent/ticker-posts

E agora? Pesquisa mostra Bolsonaro em primeiro em SP e analista diz que 'realidade' trará mais surpresas (veja o vídeo)


Um levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, entre os dias 22 e 26 de maio, mostra o presidente Jair Bolsonaro com 39,1% das intenções de votos na disputa ao Palácio do Planalto nas próximas eleições.

O ex-presidiário do PT, Lula, vem em segundo, com 35%. Em terceiro está Ciro Gomes (PDT), com 5,4%, seguido por João Doria (PSDB) – que ainda não havia anunciado sua desistência – com 3,9%.

Na pesquisa espontânea (quando os nomes de candidatos não são apresentadas ao entrevistado), Bolsonaro segue na frente, com 24,3%, contra 20,1% do ex-condenado e 1,4% de Ciro. Doria ficou abaixo de 1%.

O resultado, divulgado no sábado (28), pegou muita gente de surpresa, pois um dos temas mais comentados ao longo da semana foi justamente uma outra pesquisa, divulgada pela DataFolha, em que o ex-presidiário Lula aparece em primeiro lugar nas intenções de votos no cenário nacional, com 44%. 

Assim, é extremamente relevante o fato de que Jair Bolsonaro detém a preferência no maior colégio eleitoral do país, com quase 33 milhões de eleitores aptos a exercer o direito do voto, segundo dados atualizados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SP), de abril deste ano.

Como se sabe, Bolsonaro lidera com folga nas regiões Sul e Centro Oeste e tem avançado rapidamente no Norte, como tem sido demonstrado em grandes manifestações populares.

A incógnita ainda é o Nordeste, local em que o PT, historicamente, tem liderado nas duas últimas décadas, mas onde Bolsonaro também tem sido recebido por milhares de pessoas nas ruas, enquanto Lula sequer consegue sair à janela.

A região Sudeste, portanto, pode ser o fiel da balança nas próximas eleições, com o resultado em SP representando uma tendência ou mesmo influenciando o eleitor de Minas Gerais e Rio de Janeiro, segundo e terceiro maior colégio eleitoral do Brasil, respectivamente.

Considerando ainda o Espírito Santo, último estado que compõe a região, o Sudeste reúne mais de 65 milhões de eleitores ou quase a metade dos votos do país.

Considerando ainda o Espírito Santo, último estado que compõe a região, o Sudeste reúne mais de 65 milhões de eleitores ou quase a metade dos votos do país.

O Paraná Pesquisas entrevistou, presencialmente, 1.880 eleitores em 76 municípios de SP. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-06924/2022.

Para o analista político da Jovem Pan News, Marco Antonio Costa, entretanto, nenhuma pesquisa deve ser levada em conta no atual momento. Seja pela metodologia utilizada, com questionamentos e mesmo o número de entrevistados, que já não servem mais como tendência ou reflexo de um universo maior, seja pela distância que ainda há da data da eleição, e, finalmente, em função dos constantes ataques realizados pela velha mídia contra o presidente Jair Bolsonaro, sem que haja direito de defesa, o que acaba induzindo o eleitor menos informado.

Marco Antonio ressalta que o início da campanha, quando todos os lados passam a ‘ter voz’, seja pelas propagandas ou porque os veículos tradicionais terão que, obrigatoriamente, ouvir os dois lados, deverá aproximar as pesquisas da realidade.

Uma realidade que ele, aliás, exemplifica com o que tem sido visto nas ruas.

O velho e bom Datapovo… que o leitor do JCO conhece bem e que nunca falha!

Veja o vídeo: 

Clique aqui