Ticker

6/recent/ticker-posts

Em dura resposta à velha mídia, Bolsonaro detona defensores de bandidos e anuncia ampliação da PF e PRF (veja o vídeo)


Ligadíssimo no que dizem os ‘urubus’ da velha mídia esquerdopata, Jair Bolsonaro veio mais uma vez a público para rebater os ataques que se intensificaram contra os agentes de segurança pública, após repercussão da ação do BOPE e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no complexo de favelas da Penha, no Rio de Janeiro, na última terça-feira (24).

Dezenas de comentários e matérias típicas do ativismo de redação, em que os policiais foram tratados como os vilões da história, enquanto os traficantes passaram por vítimas, ainda que, das 25 pessoas mortas durante a operação, pelo menos 20 já tenham ligação confirmada com o tráfico de drogas e o crime organizado, e o mesmo deve ocorrer com as demais, após aprofundamento das investigações.

A principal indignação dos ‘jornazistas’, olhem só, a ‘ausência de policiais mortos’.

Eis o que escreveu o presidente em seu Twitter e demais plataformas, em uma dura resposta aos ‘adoradores de bandidos’.

- Querem te convencer que marginais que, segundo suas próprias leis, queimam pessoas vivas em pneus, espancam, matam e esquartejam mulheres, além de outras práticas de fazer inveja a grupos terroristas internacionais, jamais abririam fogo covardemente contra agentes de segurança.

- É preciso entender de uma vez por todas que os maiores responsáveis pelas duras consequências às comunidades em operações são os próprios bandidos. São eles que decidem enfrentar a lei e colocar a própria vida em risco, bem como a de inocentes, para não pagarem por seus crimes.

- Por outro lado, nossos agentes das forças de segurança arriscam suas vidas diariamente para o total oposto: combater o crime e proteger inocentes. É para cumprir a lei, não por diversão, que eles enfrentam todos os tipos de obstáculos, inclusive a demonização de parte da mídia.

- É uma perversidade seguir relativizando o certo e o errado. Tratar marginais com extensa ficha criminal simplesmente como pobres é criminalizar o próprio cidadão pobre que vive sua vida honestamente e hoje é refém destas organizações. Pobre nunca será sinônimo de criminoso!

- Àqueles que, no conforto de suas casas insistem em inverter os valores e criticar as forças de segurança por todo o mal que acontece, sugiro que experimentem visitar uma área dominada pelo crime organizado fardado como um policial. Boa noite a todos!

Bolsonaro também aproveitou a manhã desta quinta-feira (26) para anunciar, ao lado do ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, a aprovação de curso e abertura de concurso para reforçar ainda mais a Polícia Federal (PF) e a PRF, ampliando os efetivos em mais 625 agentes, cada.

A foto abaixo foi publicada em uma matéria no site Notícias de Belford Roxo (município da Baixada Fluminense). É um 'retrato' daqueles que a polícia tem combatido no RJ e também em outras regiões do país. Observem as armas de pesadíssimo calibre que estão portando - normalmente utilizadas somente pelas forças armadas, quando em combate - e, principalmente o gesto que fazem com as mãos, que pode esclarecer muita coisa sobre o que temos visto e ouvido da boca dos opositores do governo nos últimos anos, na defesa de bandidos.

E você, leitor, de que lado está?