Ticker

6/recent/ticker-posts

Bolsonaro diz que militares vão suspender seção que barrar camisa da seleção

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que se o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) proibir o uso de camisas da seleção brasileira de futebol ou outras vestimentas nas cores verde e amarela no dia da eleição, no domingo (2), ele irá acionar as Forças Armadas contra as seções que acatarem a eventual proibição.

“O que as Forças Armadas puderem garantir para vocês votarem de verde e amarelo, vai ser garantido. Eu determino, vou determinar às Forças Armadas, que vão participar das seguranças, qualquer seção eleitoral em que for proibido entrar com a camisa verde e amarelo, não vai ter eleição naquela seção”, afirmou em live na noite desta quarta-feira (28).

Na transmissão, Bolsonaro continuou atacando o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e disse que o TSE, presidido por Moraes, estaria conspirando a favor de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Tem interferência demais. Ele tá com medo de quê? Um mar de verde e amarelo? Vocês estão preocupados com um mar de verde e amarelo votando? Aparecer o nome do Lula ganhando, é isso TSE? É isso TSE? Essas medidas é para proibir isso aí? Eu tô convidando a todos voluntariamente votar com a camisa verde e amarelo. Estamos numa democracia ou estamos no estado do Alexandre de Moraes? Tá com medo do quê? Que o mundo vai mostrar imagens do Brasil indo votar com verde e amarelo, e qual a preocupação, Alexandre? É que apareça o Lula ganhando no primeiro turno, é isso?”, disse.