URGENTE: Generais barram ofensivas petistas na caserna


Nesta semana aconteceu uma reunião do Alto Comando do Exército, que decidiu não antecipar a troca do comandante, como foi cogitado pelo Governo de Transição. As Forças Armadas vão aguardar o dia 1º de janeiro para começar as tratativas da passagem de comando.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, participaram da reunião extraordinária 16 generais do Exército, que decidiram não realizar a transição.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, participaram da reunião extraordinária 16 generais do Exército, que decidiram não realizar a transição.

Ainda segundo a publicação, outro tema abordado na reunião foi a “carta dos oficiais da ativa ao Comando do Exército” que pontou a “legalidade, liberdade e transparência” em um recado claro ao Judiciário, por pontuar que nenhum Poder pode se colocar “acima da lei e da ordem democrática".