Ticker

6/recent/ticker-posts

Pesquisas vão caindo na realidade e já apresentam empate técnico entre o ex-condenado e o presidente

 


Grande parte do eleitorado brasileiro perdeu totalmente a confiança nas pesquisas eleitorais.


Os erros grotescos verificados nos últimos pleitos foram preponderantes para que os institutos de pesquisa caíssem na mais profunda falta de credibilidade.



 

E isso ficou bem claro no ano passado, quando numa ação aparentemente orquestrada, tentaram impor o nome do ex-condenado, Luiz Inácio Lula da Silva, como um candidato imbatível.


Só os esquedopatas fingiram acreditar naqueles resultados esdrúxulos.


Enquanto Lula não consegue sair nas ruas, Jair Bolsonaro é constantemente aclamado por multidões.


O Jornal da Cidade Online sempre alertou para a falsidade das pesquisas eleitorais. O nosso leitor não foi enganado.


Presentemente, com o fito de tentar recuperar a credibilidade perdida, os institutos de pesquisa estão tratando de gradativamente ajustar os seus números à realidade do país.


Parece que já é meio tarde para recuperar o crédito que se esvaiu.


De qualquer forma, os institutos que chegaram a apontar uma vitória do meliante petista no 1º turno, já fazem uma operação de retorno à realidade.


A pesquisa do Instituto Paraná, divulgada nesta quarta-feira (9) aponta que a diferença entre Lula e o presidente Jair Bolsonaro caiu.


Na pesquisa espontânea, quando os nomes dos candidatos não são apresentados ao entrevistado, Lula tem 25,8% das intenções de votos e Jair Bolsonaro tem 21,5%. Com a margem de erro de 2,2%, para cima ou para baixo, os dois estão tecnicamente empatados.


Entretanto, quem acompanha essa disputa polarizada, sabe muito bem que o presidente está bem à frente.


Lula é um engodo que o sistema tentou empurrar goela abaixo do povo brasileiro.


Não deu certo.


Quem viver verá!


Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.