Ticker

6/recent/ticker-posts

Diante de militares, Bolsonaro faz apelo por liberdade (veja o vídeo)

Na última sexta-feira, dia 13/05, o presidente Jair Bolsonaro participou da formatura de oficiais da Policia Militar de S. Paulo na Academia do Barro Branco.

Descontraído, Bolsonaro conversou com os formandos e acenou para a plateia. Vários parlamentares acompanharam a formatura, como Capitão Derrite, Conte Lopes, Coronel Telhada e Carla Zambelli. Também estavam presentes o ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas e o secretário de Segurança Pública de São Paulo, o General João Camilo Pires de Campos.

Em seu discurso, o presidente voltou a defender o excludente de ilicitude. 

"Com todo o respeito aos profissionais da segurança pública, temos que diminuir a letalidade sim, mas é a do cidadão de bem e de pessoas como vocês e não da bandidagem. Se vocês nas ruas portam uma arma na cintura ou no peito, é para usá-la e nós, chefe do executivo, quer presidente ou governadores, nós devemos dar respaldo e segurança para vocês após o cumprimento da missão."
E o presidente continuou:

"Para que quando vocês terminassem a sua jornada e fossem se recolher no calor da família e não esperar a visita de um oficial de justiça."
Bolsonaro chamou a atenção para o fato que agora o inimigo é outro. 

Segundo o presidente, o nosso inimigo não está no morro numa viela ou em qualquer rua perdida na periferia, mas sim no escritório com ar-condicionado porque, muitas vezes, um burocrata inferniza a vida daqueles que protegem a população. "Esse é meu sonho peço a Deus que me dê força juntamente com o parlamento brasileiro para que isso venha acontecer. Temos que diminuir a letalidade sim; mas do cidadão de bem e de heróis como vocês."
Confira: