Por matéria ofensiva do Fantástico, Globo é condenada e terá que indenizar promotora


A situação da Rede Globo está cada vez pior...

Como se a crise financeira já não fosse o suficiente, agora a emissora se afunda em processos judiciais e indenizações.

Esta semana, por exemplo, uma nova derrota judicial da emissora

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) manteve a condenação da Globo por uma matéria exibida no programa Fantástico considerada ofensiva à honra, à imagem e à reputação da promotora Tarcila Teixeira.

O valor da indenização já chegou em R$ 350 mil.

A matéria em questão foi intitulada "Acelerar processos de adoção causa polêmica" e teria acusado a promotora de conduta profissional inadequada e a prática de irregularidades.

Tanto a Globo, como o jornalista responsável pela notícia, recorrem da decisão. 

A defesa de Tarcila Teixeira ressaltou as consequências negativas da reportagem para a vida pessoal e profissional da promotora, que teve de sair da comarca e foi investigada por tráfico de pessoas, "por defender aquilo que deveria defender no exercício normal de sua profissão".

É o inferno astral da Rede Globo.