Acusado de homofobia, jovem professor prova que 'linguagem neutra' é uma grande mentira e dá lição em lacradores (veja o vídeo)


O jovem professor de redação Matheus Vitorino, com mais de 200 mil seguidores em suas redes sociais e conhecido por ensinar a forma correta de escrever de um jeito divertido e extremamente prático, publicou um vídeo em que explica, de uma vez por todas, a impossibilidade de se criar uma linguagem neutra no Brasil.

Na aula - em um vídeo que já viraliza - ele dá uma série de exemplos e demonstra como os esquerdopatas lacradores, figuras políticas e até professores tentam ‘distorcer’ a língua portuguesa, desrespeitando não só a norma culta como uma série de regras básicas, impossíveis de serem alteradas.

A ‘nova linguagem’, que tentam empurrar à força e até mesmo transformar em lei, altera palavras e deixa de lado o principal, o ‘artigo’ , ou seja, aquela letrinha, ‘a ’ou ‘o’ que vem antes do termo e que pode, de fato, definir o gênero, ainda que existam diversas exceções, como demonstra o professor na publicação.

Matheus, que vem sendo acusado de homofobia e transfobia por causa de suas explicações, acaba dando uma grande lição e mostra como a própria comunidade LGBTQIA+ está sendo ludibriada, ao acreditar na grande mentira que é a linguagem neutra.

CLIQUE AQUI PARA VER O VÍDEO 

Tags