Ticker

6/recent/ticker-posts

Câmara do Rio cassa o mandato de Gabriel Monteiro


A Câmara Municipal do Rio de Janeiro optou pela cassação do mandato do vereador Gabriel Monteiro (PL). O youtuber era acusado de quebra de decoro parlamentar por fazer sexo e gravar uma menor de idade. O vídeo

acabou vazendo para a internet.

Por 48 a favor e apenas 2 contra, Monteiro foi cassado no plenário da casa que precisava de apenas 34 votos.

Além do envolvimento com a adolescente de 15 anos, o policial também era acusado de fazer encenações para vídeos que ele produzia para o seu canal no YouTube ganhar visualizações.

- A filmagem da relação sexual com uma menor de idade, à época com 15 anos de idade, choca a todos. O vídeo é impublicável, com agressão física a mulher. Isso está filmado. Isso é impublicável. A conduta do vereador de filmar cenas de sexo com menores é crime. Está no Estatuto da Criança e do Adolescente. É crime fotografar, filmar, cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes. Armazenas vídeo, fotografia, com cena de sexo explícito é crime. Os vídeos têm diálogos estarrecedores - disse o relator do processo na Comissão de Ética, Chico Alencar, do PSOL.

A defesa de Monteiro diz que o processo tinha vários vícios jurídicos e que o parlamentar foi condenado em virtude das graves denúncias que vinha fazendo contra o crime organizado no Rio, como a Máfia do Reboque, que ele tinha acabado de descobrir.