Ticker

6/recent/ticker-posts

Sem modéstia, Argentina convida Musk para visitar o país: "Vale mais do que ir ao espaço"


Depois que o homem mais rico do mundo veio ao Brasil, nossos hermanos da Argentina resolveram convidar o CEO da Tesla e SpaceX, Elon Musk, para conhecer a Argentina. Porém, o aceno ao magnata ocorreu de uma forma um tanto pretensiosa: a carta aberta ao bilionário faz críticas ao investimetno que ele teve para ir ao espaço e diz que o país "vale mais" do que gastar dinheiro indo para a estratosfera.

Entre as justificativas do Ministério do Turismo, de Alberto Fernández e Cristina Kirchner, para o bilionário visitar o país, é a de que conhecer a Argentina é mais barato e uma "experiência inigualável".

- Uma de suas viagens de turismo espacial durou 3 dias e cada passagem custou 55 milhões de dólares. Sem querer ofender, parece-nos pouco tempo para viajar tantos quilômetros e, o preço, um pouco alto - disse a carta aberta ao empresário.

O apelo do governo argentino ao sulafricano é prova de que a economia não anda bem por lá. Fernández fez o mais longo e severo lockdown do planeta como consequência, muitas empresas faliram, a fila de desempregados aumentou, a gestão socialista ficou sem dinheiro para pagar os inúmeros benefícios sociais que calam a boca do povo e o capital estrangeiro fugiu do país. 

Mas, Fernández e Kirchner acreditam que, se o magnata estender a mão e investir na Argentina, trará de volta a credibilidade de que o país precisa para reaver todas as empresas internacionais que saíram de lá.

Musk ainda não respondeu ao convite.