Ticker

6/recent/ticker-posts

Senadora que traiu Bolsonaro tem gigantesca evolução patrimonial

Em 2018 a senadora Soraya Thronicke era uma ilustre desconhecida.

Candidata a senadora na chapa do PSL, surfou na ‘onda Bolsonaro’ e foi eleita para representar o estado de Mato Grosso do Sul.

Deve o seu mandato única e exclusivamente ao presidente da República.

Foi infiel e ingrata e traiu Bolsonaro.

Diante disso, sua carreira política vai sem dúvida se resumir a este mandato.

Presentemente, não tem cacife nem para se eleger vereadora.

Entretanto, incentivada por Luciano Bivar, será candidata a presidente da República.

Sua votação será ínfima.

Provavelmente, terá menos voto para presidente, em todo o Brasil, do que teve para senadora, apenas em Mato Grosso do Sul.

Porém, como candidata, teve que apresentar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sua declaração de bens.

A evolução patrimonial é gigantesca.

Diz o site UOL:

“Candidata do União Brasil ao Planalto, a senadora Soraya Thronicke (MS) declarou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) possuir um patrimônio de R$ 783 mil.

O valor é 78 vezes maior do que havia sido informado por ela há quatro anos, quando disputou e ganhou uma vaga ao Senado.

Na ocasião, Thronicke havia declarado apenas R$ 10 mil à Corte Eleitoral, todo o valor em dinheiro em espécie.”

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.