Ticker

6/recent/ticker-posts

Aras diz que PGR tem sido ‘sabotada’ com pedidos de investigação ‘fantasiosos’


O procurador-geral da República, Augusto Aras, divulgou nesta sexta-feira (2) trechos de vídeos antigos em que ele critica o que chama de “uso político do sistema de Justiça” e “tentativas de sabotagem” por meio de “centenas” de notícias-crimes baseadas em reportagens plantadas ou com autores falsos.

O vídeo foi publicado no YouTube e diz respeito a entrevistas cedidas a jornalista de Minas Gerais, em 19 de agosto, e de veículos da imprensa internacional, em 11 de julho e 9 de agosto. O título do vídeo é: “PGR: ameaça do ‘Fishing Expedition” e a sabotagem contínua contraa Procuradoria-Geral da República”.

De acordo com o procurador-geral, pessoas que usam dessa prática estão “desservindo, cometendo crime contra a administração da Justiça e contra a vida privada das pessoas”.

Ele também declarou que a PGR passou a ser “sabotada” com o protocolo de “centenas e centenas de representações” contra “todas as autoridades do Brasil”, o que obriga o órgão a analisar “uma por uma e ainda dar respostas”.

“Tudo isso é perda de tempo, é perda de dinheiro público. Tudo isso faz parte de uma estratégia para impedir que esse procurador continue investigando as verdadeiras organizações criminosas que tem nesse país”, afirmou.