Ticker

6/recent/ticker-posts

Eleito senador, Mourão ‘dá a letra’ ao STF: chega de intromissão


O vice-presidente e senador eleito pelo Rio Grande do Sul, Hamilton Mourão (Republicanos), sugeriu que a nova composição do Congresso Nacional deve debater uma série de mudanças no funcionamento do Supremo Tribunal Federal (STF).

Para Mourão, há vários assuntos sobre a Suprema Corte que deveriam ser discutidos entre os parlamentares.

“Vejo hoje que nossa Suprema Corte tem invadido contumazmente aquilo que tem sido atribuições do Executivo e do Legislativo e, muitas vezes, rasgando o devido processo legal. É uma discussão que tem que ser conduzida no Congresso Nacional”, defendeu Mourão.

E complementou:

“Não é só uma questão de aumentar o número de cadeiras na Suprema Corte. A gente tem que trabalhar em cima do que são as decisões monocráticas. Temos que trabalhar em cima do que vem a ser um mandato para os mandatários da Suprema Corte. Eu acho que não pode ser algo até os 75 anos. Ou 10, 12 anos”, acrescentou.

Resumindo o recado do General Mourão foi o seguinte: foi eleito um senado totalmente conservador.

Acabou a bagunça!