Ticker

6/recent/ticker-posts

Faltando '24 horas' para o primeiro turno, pesquisa traz Bolsonaro em primeiro e Lula em queda


Publicada no início da madrugada deste sábado (1), a pesquisa nacional do Instituto Veritá mostrou um crescimento de Jair Bolsonaro na preferência do eleitorado na disputa presidencial, com 44,6% das intenções de voto na pergunta estimulada (com a indicação do nome de todos os concorrentes). Em segundo, permanece o ex-presidiário Lula, com 41,6%, uma queda em relação ao levantamento anterior.

Na sequência, uma surpresa, com Simone Tebet em terceiro, com 4,2%, em um empate técnico com Ciro Gomes, em quarto, com 4,1% das intenções de voto. Felipe D’Ávila tem 1,9%, Soraya Tronicke, 0,9% e Padre Kelmon, 0,4%.

Não souberam ou não quiseram responder somam 1,4%. Brancos e Nulos ficou em 1%.

Esta foi a quarta pesquisa realizada pelo Veritá sobre as eleições ao Palácio do Planalto, utilizando o mesmo método de outros institutos que também mostram a vitória de Bolsonaro, o Brasmarket e o Equilíbrio Brasil.

A amostragem é bem maior, em comparação com as utilizadas pelos institutos de pesquisa tradicionais, oferecendo maior confiabilidade e transparência.

Por telefone, foram ouvidas 51.169 em 752 municípios de todo o país, por meio de um sistema eletrônico em que a resposta é dada pelo teclado numérico e há apenas questões básicas para se auferir o voto e verificar o perfil do entrevistado.

Realizada entre 24 e 29 de setembro, portanto antes do debate da Rede Globo e ainda sem a influência deste último encontro entre os presidenciáveis, a pesquisa Veritá foi registrada no TSE sob o número 05980/2022, com uma margem de erro de 2 pontos para mais ou para menos e 95% de confiança.

Um resultado que, considerando a margem de erro e a linha ascendente de Jair Bolsonaro no gráfico, pode levar a um resultado definitivo ainda em primeiro-turno