Ticker

6/recent/ticker-posts

Nicolás Maduro cita conversa com Lula e pede criação de bloco latino aliado à Rússia e China


O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, sugeriu em discurso na Assembleia Nacional do país a formação de um “bloco político” de países latinos.

Segundo ele, o assunto já vem sendo emplacado em conversas com líderes como Alberto Fernández e Gustavo Petro, da Argentina e da Colômbia, respectivamente.

Maduro diz que o assunto também foi tratado por telefonema com Luiz Inácio Lula da Silva (PT), do Brasil.

— Eu estava conversando com o presidente Lula da Silva por telefone outro dia. Eu falei pessoalmente com Gustavo Petro e Alberto Fernández. Está chegando um momento novo, um momento especial, para juntar os esforços e caminhos do povo da América Latina e Caribe, para avançar na formação de um poderoso bloco de forças políticas — revelou.

O venezuelano frisou, inclusive, que o “bloco” deve “convidar o mundo à integração e construção de novos polos de poder”.

Na sequência, ele mencionou os presidentes de China e Rússia, Xi Jinping e Vladimir Putin.

— Essa comunidade de destino partilhado, de que fala nosso irmão maior, presidente Xi Jinping. Ou aquele mundo multipolar e multicêntrico, de que fala nosso irmão maior, o presidente Vladimir Putin — destacou, frisando que tem atuado na “batalha pela construção desta força independente e soberana”.