No G20, Lula se reúne com príncipe saudita que deu joias a Bolsonaro

Caio Tomahawk


Lula se Reúne com Príncipe Saudita Mohamed bin Salman Após Cúpula do G20 em Nova Délhi

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT), realizou uma importante reunião com o príncipe herdeiro e primeiro-ministro da Arábia Saudita, Mohamed bin Salman, logo após o encerramento da cúpula do G20, neste domingo (10), em Nova Délhi, Índia. Este encontro, que repercutiu internacionalmente, trouxe à tona uma série de temas relevantes, incluindo investimentos, política externa e relações diplomáticas.

Segundo o Palácio do Planalto, a reunião teve como um dos principais resultados o acordo para uma delegação de empresários e autoridades sauditas visitarem o Brasil. O objetivo dessa visita é conhecer as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), relançado em agosto pelo governo brasileiro, e também explorar oportunidades de investimentos estrangeiros no país.

Um dos principais pontos de interesse na reunião foi a manifestação do príncipe saudita de desejar ampliar os investimentos no Brasil, principalmente nas áreas de petróleo e gás, além de focar em fontes de energia renovável. Essa intenção de Bin Salman representa um potencial impulso para a economia brasileira, especialmente no que diz respeito à exploração de recursos naturais e desenvolvimento sustentável.

No entanto, a figura de Mohamed bin Salman não está isenta de polêmicas. Um dos temas que gerou grande controvérsia foi seu envolvimento na doação de um conjunto de joias avaliado em R$ 5,6 milhões à ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro.

 A atenção do mundo está voltada para os desdobramentos dessas reuniões de alto nível e os impactos que elas terão nas políticas e economias dos países envolvidos.

Tags

#buttons=(ACEITAR!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. SAIBA MAIS
Accept !