Milton Neves não renova com a Band e deixa grupo após 15 anos

Caio Tomahawk

 

Milton Neves Encerra Ciclo de 18 Anos na Band e Deixa Emissora Após Não Renovação de Contrato


O renomado jornalista esportivo Milton Neves não renovará seu contrato com a Band, encerrando assim uma trajetória de 18 anos dedicados à emissora. O contrato do comunicador, que termina em 31 de dezembro, não será estendido, marcando o fim de uma era na colaboração entre Milton Neves e o Grupo Bandeirantes de Comunicação.


O comunicado oficial da Band, divulgado em nota, expressou gratidão pela "atuação brilhante" de Milton Neves ao longo dos anos, reconhecendo sua contribuição para o jornalismo esportivo brasileiro. O jornalista foi destacado por sua participação em programas como "Terceiro Tempo", "Gol: O Grande Momento do Futebol", "Band Mania", "Que Fim Levou?" e "Domingo Esportivo", os quais alcançaram excelentes índices de audiência.


A decisão de não renovar o contrato foi tomada em comum acordo entre Milton Neves e a Band, sendo oficialmente encerrada em 31 de dezembro. O jornalista, de 72 anos, tornou-se uma figura icônica do jornalismo esportivo brasileiro ao longo de sua carreira, conquistando o público com seu estilo único e sua paixão pelo esporte.


A perda de espaço do jornalista na emissora foi evidenciada com o fim do programa dominical "Terceiro Tempo" em junho de 2023, sendo substituído por José Ferreira Neto e o programa "Apito Final". A utilização do nome "Terceiro Tempo" para o pós-jogo na Rádio Bandeirantes também foi interrompida nesse período.


Milton Neves não se limitava apenas à televisão, sendo uma presença constante nas transmissões esportivas da Rádio Bandeirantes e nos comentários da BandNews FM. O comunicado da Band ressaltou a genialidade do jornalista em suas diversas atuações, reconhecendo sua importância tanto na televisão quanto no rádio.


Além de sua carreira profissional, a nota oficial também mencionou a vida pessoal de Milton Neves, destacando sua ligação com a cidade de Muzambinho, em Minas Gerais, onde nasceu. O jornalista manteve laços fortes com a região, possuindo casas, empreendimentos e fazendas, inclusive em Guaxupé. Milton Neves é viúvo desde 2020, quando sua esposa Lenice faleceu vítima de câncer.


Com o encerramento dessa fase na Band, Milton Neves agora parte para novos projetos e desafios, enquanto a emissora expressa seus votos de amizade, reconhecimento e gratidão ao apresentador. O Brasil se despede de um ícone do jornalismo esportivo que, ao longo de quase duas décadas, deixou sua marca e conquistou o carinho do público. O futuro reserva novos capítulos para Milton Neves, que certamente continuará contribuindo para o cenário midiático brasileiro.

Tags

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Saiba Mais
Accept !