Staff de Milei impede ministro de Lula de passar à frente de Bolsonaro

Caio Tomahawk


Cerimônia de Posse na Argentina: Chanceler de Lula Impedido de Cumprimentar Milei antes de Bolsonaro


Em uma cerimônia de posse repleta de simbolismo e protocolos, um episódio curioso chamou a atenção na Casa Rosada, durante a instalação do presidente da Argentina, Javier Milei. O ministro das Relações Exteriores do ex-presidente Lula, Mauro Vieira, viu-se impedido de passar à frente do ex-presidente Jair Bolsonaro para cumprimentar o recém-empossado mandatário argentino. O inusitado incidente ocorreu no último domingo (10/12), e Fabio Wajngarten, ex-secretário de comunicação de Bolsonaro, desempenhou um papel inesperado na situação.


Mauro Vieira tentou incluir-se no primeiro bloco de autoridades que se dirigiam a Javier Milei, no qual estavam representantes de países como Chile, Ucrânia e Hungria, além do próprio ex-presidente brasileiro. No entanto, o cerimonial impediu sua tentativa de ultrapassar Bolsonaro na fila de cumprimentos ao presidente argentino.


O ex-secretário de comunicação de Bolsonaro, Fabio Wajngarten, ao perceber a tentativa de Vieira, tomou a iniciativa de informar a equipe de Milei sobre a situação. Essa intervenção resultou na reorganização do protocolo, forçando o chanceler de Lula a esperar junto ao terceiro bloco de autoridades. Dessa forma, Mauro Vieira cumprimentou Javier Milei 16 minutos após Bolsonaro, em um gesto que ganhou destaque nas redes sociais e na cobertura midiática do evento.


Destaca-se que, apesar da relevância do ocorrido, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não participou da cerimônia de posse. Além de Bolsonaro e Wajngarten, a comitiva brasileira incluiu a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, o senador Ciro Nogueira, Gilson Machado (ex-ministro do Turismo) e Cláudio Castro, governador do Rio de Janeiro.


O encontro entre Bolsonaro e Milei foi marcado por uma chamada de vídeo, revelando um diálogo entre os dois líderes após a vitória do argentino nas eleições presidenciais. Bolsonaro e Michelle Bolsonaro participaram da cerimônia de posse de Milei, sinalizando a importância do evento para o cenário político regional.


Esse episódio, apesar de seu caráter insólito, ressalta a dinâmica complexa e por vezes imprevisível das relações diplomáticas e políticas entre os países sul-americanos. As repercussões desse incidente podem ecoar nos bastidores das negociações bilaterais entre o Brasil e a Argentina, adicionando um elemento de curiosidade e intriga ao cenário geopolítico da região.

Tags

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Saiba Mais
Accept !