URGENTE: pesquisa do instituto Paraná mostra Bolsonaro em primeiro lugar na corrida presidencial mesmo estando inelegível;

Quase um ano após ser declarado inelegível pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ex-presidente Jair Bolsonaro ainda é o nome mais competitivo da direita, revela pesquisa do instituto Paraná Pesquisas divulgada nesta sexta-feira, 24. O levantamento indica que, se pudesse disputar uma eleição hoje, Bolsonaro estaria tecnicamente empatado com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


Segundo a pesquisa, em um primeiro turno com a participação de ambos os candidatos, Bolsonaro receberia 38,8% dos votos, contra 36% de Lula. O ex-presidente foi o único nome da direita testado, enquanto outros candidatos como Ciro Gomes, Eduardo Leite e Helder Barbalho, representando diferentes espectros políticos, foram mencionados, mas com porcentagens menores.


Em uma simulação de segundo turno entre Bolsonaro e Lula, o ex-presidente ficaria com 42% dos votos, enquanto o petista teria 41,7%. Considerando a margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, os dois cenários configuram um empate técnico. Nesse embate, uma parcela significativa dos eleitores, 11,3%, afirmaram que votariam em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos, enquanto 5,0% não souberam ou não responderam.


O levantamento também aponta um aumento na citação espontânea de Bolsonaro pelo eleitorado, passando de 12,3% em agosto do ano passado para 16,1% agora. No mesmo período, a intenção de voto espontânea em Lula oscilou de 22,6% para 19,9%.


Em relação ao potencial eleitoral, medido pelo grau de apoio ou rejeição dos eleitores, o panorama traçado pelo Paraná Pesquisas é semelhante. Sobre Lula, 30,8% responderam que “com certeza votariam” nele, enquanto 27% dariam voto garantido a Bolsonaro. Por outro lado, 47,4% dos eleitores afirmaram que “não votariam de jeito nenhum” no petista, e 48,4% rejeitam totalmente o ex-presidente.


A pesquisa entrevistou 2.020 eleitores em 160 municípios distribuídos pelos 26 estados e pelo Distrito Federal, entre os dias 27 de abril e 1º de maio de 2024. O grau de confiança da pesquisa é de 95%.


Esses números revelam um cenário político acirrado e polarizado, onde os dois principais candidatos à presidência estão empatados tecnicamente. A inelegibilidade de Bolsonaro não parece diminuir sua influência no eleitorado, enquanto Lula mantém uma base sólida, apesar da significativa parcela de eleitores que rejeitam sua candidatura.


Com a proximidade das eleições, essas informações se tornam cruciais para entender o panorama político do país e as possíveis tendências de voto dos eleitores. O embate entre Bolsonaro e Lula promete ser acirrado e determinante para os rumos do Brasil nos próximos anos.
© Política Online Brasil. Todos os direitos reservados. Premium By Jago Themes