Ticker

6/recent/ticker-posts

Noblat chega ao fundo do poço, não acha mais nada para atacar e fala absurdo sobre Michelle


Ninguém representa melhor as ideias mofadas da extrema-imprensa brasileira do que Ricardo Noblat. Desacreditado e decadente, ele só consegue ser lembrado quando provoca e ofende adversários.

Com o tempo, até os milhões de seguidores do presidente começaram a se cansar do "jornalista-engajado".

E aí a única alternativa para se manter relevante é aumentar o tom das ofensas.

Pensando nisso, Noblat resolveu atacar deliberadamente a primeira-dama Michelle.

“O corte de cabelo pouco evangélico de Michelle Bolsonaro. Ninguém faz reparos ao virtuosismo da primeira-dama Michelle Bolsonaro no domínio da palavra capaz de tocar na mente e no coração dos crentes. 

Ao contrário do marido, ela fala corretamente o português e se comporta com naturalidade no palco. 

Michelle usou cabelos mais longos até janeiro. Adotou o 'corte Joãozinho', versão moderna do 'corte pixie', com os fios aparados nas laterais e na nuca e volume maior no topo da cabeça. Ficou uma graça. 

Ocorre que o corte das evangélicas é mais austero", escreveu ele, em sua coluna no portal Metrópoles.

Cômico, se não fosse trágico!