Ticker

6/recent/ticker-posts

O que estava escrito na mão de Bolsonaro no JN

Na entrevista ao Jornal Nacional nesta segunda-feira (22/8), o presidente Jair Bolsonaro (PL) recorreu novamente à estratégia de anotar palavras nas mãos para tentar chamar a atenção do público para pautas que dificilmente seriam abordadas pelos jornalistas.

Desta vez, o atual chefe do Palácio do Planalto levou anotado na mão esquerda quatro tópicos que puderam ser vistos por quem acompanhava a sabatina do candidato à reeleição: Nicarágua, Argentina, Colômbia e Dario Messer.

Os três primeiros são países comandados por presidentes de esquerda. Já Messer é um doleiro que, em delação premiada, disse ter feito entregas de dólares para integrantes família Marinho, dona das Organizações Globo.

O destaque na mão do presidente era o garrancho com a inscrição “Nicarágua”. O país latino-americano enfrenta um racha com a Igreja Católica, no qual o presidente Daniel Ortega é acusado de mandar prender um bispo crítico ao seu governo.