Ticker

6/recent/ticker-posts

Arruda Botelho, que advogou para o PT no caso Lava Jato, chefiará Secretaria Nacional de Justiça


O futuro ministro da Justiça e Segurança Pública do governo eleito, Flávio Dino (PSB), anunciou nessa terça-feira (20) que o novo secretário nacional de Justiça será o advogado Augusto de Arruda Botelho. O anúncio foi feito durante uma coletiva de imprensa no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição, em Brasília (DF).

Entre as atribuições da Secretaria Nacional de Justiça está a coordenação da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro, em parceria com os órgãos da administração pública.

A pasta também trata de políticas como as relacionadas a migrações, refugiados e tráfico de pessoas, além de políticas de cooperação jurídica internacional, entre outras atribuições.

Em suas redes sociais, Botelho escreveu que aceitou o convite “honrado e emocionado” e agradeceu ao futuro ministro.

“Recebi – e aceitei honrado e emocionado – o convite para ser o novo Secretário Nacional de Justiça. Agradeço imensamente a confiança do futuro ministro. Muito trabalho pela frente!”, escreveu Botelho em rede social.