Ticker

6/recent/ticker-posts

Comandante da Marinha pode ser punido se não comparecer à cerimônia para passagem de comando diante de Lula, apontam juristas


Segundo juristas ouvidos pela Revista Sociedade Militar, se de fato o Almirante de Esquadra Almir Garnier não comparecer à cerimônia de passagem de comando para o Almirante Olsen, nomeado pelo agora presidente Lula, poderá ser enquadrado nos regulamentos disciplinares. Nas Forças Armadas e sobretudo na Marinha do Brasil, as tradições navais são tão importantes quanto os regulamentos disciplinares e os olhos sempre se voltam para quem está na chamada “prateleira de cima”. 

Se a cúpula não cumpre as normas e tradições a base acaba se sentindo desmotivada e autorizada a desrespeitar as regras e as chamadas tradições navais.

Por exemplo, hoje um sargento em um navio pode ser punido se não tocar corretamente o toque de apito inerente a chegada de um oficial general. Um oficial pode ser punido se não cobrar dos subordinados que usem o linguajar tradicional para cada tipo de atividade.

“Imagine o que poderá acontecer se o próprio comandante da força se negasse...

Continue lendo