Magno Malta: “Moraes tem que se declarar suspeito”

Caio Tomahawk


Senador Magno Malta pede que Ministro Alexandre de Moraes se declare suspeito em casos envolvendo aliados de Bolsonaro


O senador Magno Malta (PL-ES) fez declarações contundentes à imprensa em relação à atuação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), nos casos referentes aos eventos do 8 de janeiro e às investigações paralelas relacionadas ao tema. Malta afirmou que Moraes precisa se declarar suspeito e se afastar dos processos.


A fala do senador ocorreu em meio à autorização dada por Moraes para a realização de 33 mandados de busca e apreensão, quatro prisões preventivas e 48 medidas cautelares em diversos estados brasileiros. Essa operação, denominada Tempus Veritatis, teve como alvo ex-ministros e aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).


Para Malta, a atuação de Moraes representa um "contorcionismo jurídico" e uma tentativa de criar narrativas que visam atingir Bolsonaro. Ele argumentou que as ações contra pessoas próximas ao ex-presidente são uma distração para as decisões que beneficiam os envolvidos na Operação Lava Jato, mesmo após delações e devolução de dinheiro desviado aos cofres públicos.


Além disso, o senador capixaba ressaltou que Moraes, por ser investigador, parte ofendida, juiz e acusador nos casos em questão, está em posição de conflito de interesse. Malta enfatizou que o próprio ministro afirmou ter sido alvo de ameaças de morte, o que, segundo ele, o tornaria impedido de julgar esses casos de forma imparcial.


Diante desse cenário, Malta convocou os demais ministros do STF a intervirem, argumentando que as ações conduzidas por Moraes são ilegais e requerem uma revisão urgente. Ele destacou a importância da justiça e da imparcialidade no tratamento dos processos, visando garantir a integridade do sistema jurídico do país.


As declarações do senador Magno Malta refletem o clima de polarização e tensão que permeia o ambiente político brasileiro, evidenciando as disputas de poder e as divergências entre os diferentes atores políticos e institucionais. O desfecho dessas questões terá impacto não apenas no cenário jurídico, mas também na estabilidade e na credibilidade das instituições democráticas do país.

#buttons=(Aceitar !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Saiba Mais
Accept !