Ticker

6/recent/ticker-posts

Bolsonaro decide prolongar estadia em Orlando, na Flórida


O ex-presidiário Lula (PT), não obstante ter sido declarado presidente eleito do Brasil pela contagem do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), não parece muito feliz.

Pelo contrário, o petista está abatido e deixando transparecer toda a sua truculência no trato com as pessoas, notadamente as mais simples.

Nesta quarta-feira (18), ele perdeu a paciência com funcionários do Planalto, enquanto discursava a líderes de centrais sindicais.

Os sindicatos tinham ido cobrar de Lula a promessa feita em campanha de que aumentaria o salário mínimo em 2023. Depois do recuo que o petista deu, justificando muito "gasto", as entidades se uniram e foram "bater na porta" do Planalto a fim de pressionar o ex-condenado da Lava Jato.

Continue lendo